bonsaiintroducaoBonsai é uma palavra de origem japonesa que significa árvore em uma bandeja(bon significa recipiente e sai significa árvore). Um dos grandes aspectos do bonsai é que a árvore plantada no vaso da a possibilidade de mudá-la de local. Em que outra condição uma pessoa poderia pegar sozinha, uma árvore com 100 anos de idade e carregá-la por 200 metros?

A obra acabada verdadeiramente não existe. O que existe é a obra que chega àquilo que foi vislumbrado. No bonsai é realizada uma escultura com um ser vivo que, assim sendo, está em constante transformação. É importante deixar claro que a natureza dita o ritmo dos acontecimentos. É necessário esperar o desenvolvimento da árvore e respeitar o tempo certo de realizar qualquer modificação.

 antiguidadebonsaiÍnicio na China:

Ao contrário do que todo mundo pensa o bonsai surgiu na China ao em vez do Japão e na China em vez da arte de miniaturizar árvores ser chamada de bonsai é chamada de penjing. Em 1977 foi achado um fragmento de cerâmica nas escavações de Zhedjang. Este fragmento tinha gravado o desenho de uma planta em um vaso. Este é o testemunho mais antigo da existência de cultivo, “6.000 anos de idade”.

Influencia no Japão:

Em 530 d.C, um livro especializado em árvores miniaturizadas trata pela primeira vez das várias maneiras de torcer e modelar galhos. Desta modificação da forma nasce à primeira idéia de como formar um bonsai.

A atração pela cultura chinesa era muito grande entre os estudantes, poetas, artistas, monges e comerciantes japoneses, que partiam para o continente em busca de conhecimento.

A partir desta data, um grande número de livros e material artístico é levado para o Japão. É possível que nestas muitas viagens o bonsai tenha sido levado para o Japão, ou pelo menos a sua representação e sua forma de cultivo nos livros. 

Na Europa:

No séc. XIX os viajantes descobrem o Oriente e trazem esta arte para a Europa. Houve algumas publicações sobre o assunto, porém, foi depois da primeira Guerra Mundial que aparecem os sérios tratados sobre os procedimentos empregados pelos japoneses para obter árvores pequenas. O embaixador da França no Japão, Paul Claudel, sentiu-se surpreendido, quando, sentado admirado diante de um bosque de Acer (árvore de folhas caducas, muito comum no Japão), trabalhados em bonsai, explicou que não podia deixar de imaginar-se a si mesmo, em um destes Acer, e que tinha a impressão de ouvir o gorjeio dos pássaros em seus galhos. Atualmente, todos os países da Europa conhecem o bonsai.
No Brasil:

Em 1909, quando o navio a vapor Kasato-Maru ancorou no porto de Santos trazendo os primeiros imigrantes japoneses, onde provavelmente teriam vindo, um ou mais exemplares de bonsai, partindo-se do princípio de que alguns imigrantes trouxeram consigo pertences de grande estima, que os fizesse lembrar de sua terra natal. O bonsai permaneceu restrito aos poucos lares de imigrantes japoneses e de seus filhos até a década de 70. Em meados da década de 70, iniciou-se a comercialização de bonsais no país.

Vale lembrar que historiadores dizem que os primórdios do bonsai vem da Índia. Os chineses herdaram muitos costumes indianos. Curandeiros indianos usavam a técnica de colocar plantas medicinais em vasos para poder transportar as plantas.

Estou trazendo um pouco da definição do bonsai e sua história ao longo do tempo. No próximo post pretendo trazer os cuidados básicos como rega e iluminação. Até mais e abraço!

pinturaantiga

Anúncios